Global : 1

2.3 O movimento associativo da CNSE

2.3.2 Perfis profissionais chave

    • Intérpretes de Língua gestual

    São profissionais que interpretam e traduzem a informação da língua gestual à língua oral ou escrita e vice-versa com o objectivo de assegurar a comunicação entre as pessoas surdas que sejam utilizadoras desta língua, e o seu ambiente social.

    O certificado para ser intérprete obtém-se através do Ciclo Formativo de grau Superior em Interpretação de Língua gestual.

    Como se solicita um serviço de intérprete de língua gestual?

    Em Espanha, a organização dos serviços de interpretação de língua gestual varia de umas Comunidades Autónomas a outras. Em regra general, os serviços distribuem-se desde as Federações e Associações de pessoas surdas e tendem a ser de carácter gratuito.

    É necessário entrar em contacto com as Federações e/ou Associações que facilitam o serviço, e avisar dentro de um prazo determinado que estabelece cada Federação ou Associação. Para solicitar o serviço devem-se apresentar os seguintes dados: a data na que se realizará dito serviço, o tipo de serviço requerido, a direcção e a hora em que terá lugar.

    Em algumas Comunidades Autónomas também existe um serviço de intérpretes de língua gestual de urgência que normalmente funciona 24 horas por dia e os 365 dias do ano, no qual se servem as situações de emergência de tipo médico e judicial, principalmente.

    • Agentes de Desenvolvimento da Comunidade Surda (ADECOSOR)

    São profissionais surdos e surdas que conhecem o tecido associativo, as características da Comunidade Surda e a sua língua, que actuam como mediadores/as entre a Comunidade Surda e los/as agentes sociais.

    • Especialistas em Língua gestual

    Profissionais surdos e surdas, responsáveis pelas acções que favorecem a comunicação em as famílias (seminários de língua gestual, visitas às habitações, etc.) presentes nos centros educativos bilingues, e os referidos profissionais linguísticos e de identidade para as meninas e meninos surdos, adolescentes surdos e as suas famílias.

Tenha em conta que:

- As pessoas surdas não são SURDO-MUDAS. Os termos; surdo-mudo e surda-muda, são incorrectos e tornam-se incómodos. É um estigma com o que a sociedade definiu tradicionalmente ao colectivo, e responde à ideia de uma “aparente” incapacidade para se comunicar. As pessoas surdas podem comunicar-se em língua gestual, mas também em muitos casos o fazem em língua oral, com ou sem ajudas técnicas para a audição.

- NEM TODAS as PESSOAS SURDAS SABEM LER OS LÁBIOS. É um mito muito generalizado considerar que todas as pessoas surdas sabem comunicar-se perfeitamente com as ouvintes graças aos seus dotes para a leitura labial. Em realidade, ler os lábios é uma destreza que, como qualquer outra, se pode adquirir ou não. Para além disso, a língua oral está concebida para transmitir-se pelo ouvido, não pela vista e há muitas variáveis que impedem a leitura labial: a falta de luz, a capacidade para vocalizar ou a habilidade da pessoa falante. .

-A LÍNGUA GESTUAL não é MÍMICA, nem é um conjunto de gestos icónicos. Concebida como tal é equiparada às onomatopeias em as línguas orais. A língua gestual é uma língua natural na qual as mãos, o corpo e a expressão da cara se convertem nos elementos do sistema linguístico. De esta maneira, as mãos e a vista desempenham o mesmo papel para as pessoas surdas, tal como a voz e o ouvido para as pessoas ouvintes

- NÃO EXISTE uma LÍNGUA GESTUAL UNIVERSAL. Em cada país surgiu uma língua gestual de igual modo que surgem as línguas orais

- AS PESSOAS QUE PERTENCEM à COMUNIDADE SURDA TÊM O SEU PRÓPRIO SINAL. Todas as pessoas da Comunidade Surda têm dois nomes: o nome próprio e outro em língua gestual com o que se identifica, que se elege por alguma característica física, de carácter ou algum hobby…

- BILINGUES? Para as pessoas surdas o bilinguismo é o uso de duas línguas que têm uma gramática e uma sintaxe totalmente diferentes: uma língua viso-gestual (a língua gestual) e uma língua auditivo-vocal (a língua oral)

2.3.1 Serviços que oferece

As Federações e Associações de pessoas surdas pertencentes à CNSE oferecem, geralmente, os seguintes serviços e/ou recursos:

  • Atenção social (individual e familiar)
  • Serviço de interpretação em língua gestual
  • Emprego e formação
  • Orientação e atenção educativa
  • Cursos de comunicação em língua gestual espanhola e catalã tanto para pessoas surdas como para pessoas ouvintes, assim como entidades, que queiram aprender a língua gestual.
  • Campanhas de sensibilização e difusão sobre a Comunidade Surda e a língua gestual
  • Aconselhamento de entidades e/ou profissionais que assim o requeiram (sobre acesso, condutas de comunicação com uma pessoa surda, características da Comunidade Surda, etc.)

As equipas de profissionais das Federações e Associações estão integrados por pessoas surdas e ouvintes, verdadeiras equipas bilingues que garantem o acesso em todas as suas actuações .

Se necessita de algum dos anteriores serviços, pode dirigir-se à Federação ou Associação de pessoas surdas mais próxima e ali informá-lo-ão do funcionamento de tais serviços e os requisitos que deve cumprir para aceder aos mesmos.

Logo Empleo Logo FAMI Fondo de Asilo

Logo Empleo Logo FAMI Fondo de Asilo